Você sofre com dores
lombares ou cervicais?

Veja como um neurocirurgião
pode te ajudar!

Você sabia que a coluna lombar (parte inferior das costas) e a região cervical (nuca e pescoço) são as partes da coluna vertebral mais propensas a sofrerem lesões ao longo da vida?

No dia a dia, a dor lombar e a dor cervical são comuns, sendo resultados de desgastes causados por atividades que envolvem o carregamento de peso, além de posturas inadequadas, sedentarismo e outras questões.

Se você sofre com isso, existem técnicas minimamente invasivas e infiltração e bloqueios de dor que podem te ajudar a superar as dores e recuperar sua qualidade de vida.

Você sofre com dores
lombares ou cervicais?

Veja como um neurocirurgião
pode te ajudar!

Você sabia que a coluna lombar (parte inferior das costas) e a região cervical (nuca e pescoço) são as partes da coluna vertebral mais propensas a sofrerem lesões ao longo da vida?

No dia a dia, a dor lombar e a dor cervical são comuns, sendo resultados de desgastes causados por atividades que envolvem o carregamento de peso, além de posturas inadequadas, sedentarismo e outras questões.

Se você sofre com isso, existem técnicas minimamente invasivas e infiltração e bloqueios de dor que podem te ajudar a superar as dores e recuperar sua qualidade de vida.

Anatomia da coluna vertebral

A coluna vertebral é dividida em cinco regiões anatômicas, sendo elas: a cervical, torácica (ou dorsal), lombar, sacral e coccígea.

Ela é composta por 33 vértebras na coluna, sendo:

  Sete cervicais

Doze torácicas

Cinco lombares

Quatro coccígeas

Cinco Sacrais

Além de discos intervertebrais, músculos, ligamentos e as demais estruturas nervosas.

Anatomia da coluna vertebral

A coluna vertebral é dividida em cinco regiões anatômicas, sendo elas: a cervical, torácica (ou dorsal), lombar, sacral e coccígea.

Ela é composta por 33 vértebras na coluna, sendo:

  Sete cervicais

Doze torácicas

Cinco lombares

Quatro coccígeas

Cinco Sacrais

Além de discos intervertebrais, músculos, ligamentos e as demais estruturas nervosas.

O que pode causar as
dores na coluna?

As dores na coluna podem acometer pessoas de diversas idades
e são causadas por diversos motivos.

No entanto, existem alguns fatores de risco que
podem causar alterações na coluna, como:

Sedentarismo

A falta de exercícios físicos pode fazer com que os músculos fiquem fracos,
causando dor nas costas.

Obesidade

O excesso de peso corporal pode ser um dos motivos para sobrecarregar a coluna.

Doenças

Condições como artrite, inflamações,podem contribuir para o surgimento de dores nas costas.

Erro de postura

Erros posturais como levantar peso de forma inadequada, ficar sentado ou em pé por muito tempo e usar saltos altos com frequência também podem acarretar dores na coluna.

Quando é a hora de buscar
um especialista de coluna?

Algumas dores nas costas, especialmente as musculares, costumam durar não mais do que uma semana.
Mas como saber que é hora de buscar um Neurocirurgião?
Recomendamos que o paciente busque um médico para dores na coluna quando tiver a presença de um ou mais destes sintomas:

  Dores crônicas ou recorrentes na região lombar ou cervical

  Sensação de fraqueza, dormência ou formigamento nos membros

Rigidez na lombar ou na cervical que atrapalha a mobilidade

Lesões, fraturas ou pancadas na coluna

Dores que irradiam para os braços ou as pernas

Dificuldade em manter a postura normal (sensação de coluna "travada")

Comprometimento de funções motoras

Dores fortes acompanhadas de febre

Atenção!

As dores na lombar e na cervical também podem resultar no aparecimento de sintomas neurológicos, que podem afetar os reflexos, causar cefaleias e até mesmo paralisias.

Entre em contato e
agende a sua consulta.

Fale com a equipe do Dr. Marcelo Acosta através do WhatsApp (11) 94570-7364.

Dores na Lombar

O que são?

As dores na lombar, também chamadas de lombalgia, são caracterizadas por estarem localizadas no final da coluna vertebral.

Diagnóstico

No diagnóstico da dor lombar, a história clínica do paciente e o exame físico são indispensáveis na hora de analisar fatores como a força motora, sensibilidade e a presença de sintomas como febre e perda de peso.
Os exames de imagem são solicitados apenas em casos que necessitem de mais informações para fechar o diagnóstico, sendo descartadas dores de origem muscular ou relacionadas a postura. Nesse caso, podem ser solicitadas radiografias, tomografias computadorizadas (TC) e a ressonância magnética (RM).

Principais doenças que acometem a região lombar

Hérnia de disco
Artrose e Artrite
Infecção da coluna
Doença Degenerativa dos Discos

Tratamentos

Os tratamentos conservadores para a lombalgia incluem atividades físicas, como RPG e fisioterapia para fortalecimento muscular e correção postural, além de terapias medicamentosas como anti-inflamatórios e analgésicos.
Em casos que não haja a resposta adequada aos tratamentos clínicos, a cirurgia minimamente invasiva como artrodese e endoscopia de coluna podem ser indicadas. Além disso, existem infiltrações de corticoides na coluna que podem ajudar o paciente no bloqueio das dores.

Dores na Cervical

O que são?

As dores na cervical, ou cervicalgia, são caracterizadas por estarem localizadas na coluna cervical, atingindo a porção superior do sistema nervoso central, os nervos periféricos e, consequentemente, podendo acometer a nuca e o pescoço.

Diagnóstico

Na maioria dos casos, o diagnóstico de cervicalgia se dá por meio do exame físico e história clínica do paciente, sem necessidade de mais exames. No entanto, no caso de quadros mais complexos, exames de imagem como radiografias, ressonância magnética, tomografia computadorizada, além de eletromiogramas, podem ser solicitados.

Principais doenças que acometem a região cervical

Hérnia de disco
Espondilose
Cifose e lordose

Tratamentos

Os tratamentos para a cervicalgia podem envolver técnicas conservadoras, como atividades como RPG e fisioterapia para fortalecimento muscular e correção postural, assim como terapias medicamentosas.
Em casos que não haja a resposta adequada aos tratamentos clínicos, a cirurgia minimamente invasiva para retirada de uma hérnia de disco ou a correção do escorregamento de uma vértebra podem ser indicadas.
A definição dependerá da avaliação de um neurocirurgião.

Cirurgias para
dores nas costas

Em casos que os tratamentos clínicos e conservadores não apresentem resultado e as dores durem mais do que dias e semanas, o tratamento cirúrgico pode ser o mais adequado.

Conheça as principais técnicas:

Artrodese da coluna

A técnica consiste em conectar duas ou mais vértebras da coluna vertebral, reforçando a estrutura e garantindo a estabilidade da lombar ou cervical do paciente.

Endoscopia da coluna

Neste procedimento, o neurocirurgião utiliza um endoscópio – tubo fino equipado com uma câmera – para visualizar
e tratar áreas afetadas da coluna vertebral sem necessidade de grandes incisões.

Cirurgias para
dores nas costas

Em casos que os tratamentos clínicos e conservadores não apresentem resultado e as dores durem mais do que dias e semanas, o tratamento cirúrgico pode ser o mais adequado.

Conheça as principais técnicas:

Artrodese da coluna

A técnica consiste em conectar duas ou mais vértebras da coluna vertebral, reforçando a estrutura e garantindo a estabilidade da lombar ou cervical do paciente.

Endoscopia da coluna

Neste procedimento, o neurocirurgião utiliza um endoscópio – tubo fino equipado com uma câmera – para visualizar
e tratar áreas afetadas da coluna vertebral sem necessidade de grandes incisões.

Perguntas Frequentes

- Clique no item para abrir a descrição -

Sofri um acidente e bati a coluna, quando devo buscar um médico?
Se não for notada nenhuma lesão aparente, o tratamento recomendado pode ser feito com o uso de analgésicos, anti-inflamatórios e repouso. Caso as dores persistam, o ideal é buscar um médico o mais rápido possível para que ele possa investigar melhor a lesão e definir outro tratamento mais adequado.
Qual a diferença entre dores musculares para dores na coluna vertebral?

A dor nas costas causadas por motivos musculares acontece por meio de tensões ou lesões e podem facilmente ser confundidas com dores na coluna por terem sintomas bem parecidos, como algumas reações dolorosas e espasmos. As dores na coluna costumam estar relacionadas mais à problemas ósseos e podem irradiar para outras áreas do corpo, causando sintomas ainda mais graves, como perda da mobilidade e da sensibilidade.

Mesmo as dores musculares das costas merecem atenção, já que em alguns casos podem indicar possíveis doenças ou lesões mais graves. Caso elas persistam, é necessário que o paciente não hesite em buscar ajuda profissional.

Quanto tempo demora para receber a alta hospitalar após a cirurgia?

Depende da evolução do paciente e do procedimento. Geralmente, o tempo de internamento costuma variar entre um e dois dias.

Existem técnicas que são feitas como procedimento ambulatorial, o que significa que o paciente pode receber alta no mesmo dia após algumas horas em observação.

Quais os possíveis riscos dos procedimentos cirúrgicos?

Como todo procedimento cirúrgico, as cirurgias minimamente invasivas de coluna também apresentam riscos, mesmo que com uma frequência mais rara, como:

  • Infecção;
  • Hemorragia (as pequenas incisões ajudam a evitar);
  • Dores no local do procedimento; 
  • Não alívio completo da dor lombar ou cervical;
  • Formação de coágulos de sangue.
CRM SP 164159

Conheça o
Dr. Marcelo Acosta

Neurocirurgião - Especialista em Coluna

O Dr. Marcelo Acosta é médico com residência médica e mestrado pela Escola Paulista de Medicina/Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), também é especialista em cirurgia de coluna, tratamento minimamente invasivo da coluna, dores lombares, cervicais e hérnias de disco.

CRM SP 164159

Conheça o
Dr. Marcelo Acosta

Neurocirurgião - Especialista em Coluna

O Dr. Marcelo Acosta é médico com residência médica e mestrado pela Escola Paulista de Medicina/Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP).

Membro titular da Sociedade Brasileira de Neurocirurgia (SBN), também é especialista em cirurgia de coluna, tratamento minimamente invasivo da coluna, dores lombares, cervicais e hérnias de disco.

Locais onde o Dr. Marcelo Acosta atende:

Locais onde o Dr. Marcelo Acosta atende:


Excelente
Com base em 24 avaliações
Thiago Souza
Thiago Souza
20/06/2023
Só tenho a agradecer o Doutor Marcelo. Por anos sofri com dores na coluna que iam até os dedos do pé. Passei por muitos anos sem conseguir dormir e fazer minhas obrigações por conta das dores. O Doutor Marcelo com todo profissionalismo e empenho salvou minha vida. Hoje sou um novo homem sem dor e com qualidade de vida. Obrigado Doutor Marcelo por tudo.
Marcelo Marins
Marcelo Marins
20/06/2023
Simplesmente fantástico, desde o primeiro contato, Dr. Marcelo e sua equipe estão de parabéns!!!
Mariana Salomão
Mariana Salomão
26/05/2023
O doutor e sua equipe são excepcionais!
Gabriel Bomfim
Gabriel Bomfim
11/03/2023
Doutor Marcelo Augusto é um médico extremamente diferenciado, A sua dedicação e foco na análise clínica durante a consulta, a sua atenção e precisão técnica para resolver rapidamente as minhas dores, Precisam ser enaltecidas, Fiquei muito feliz pela organização e pela forma que fui tratado, Gratidão,
Vera Lucia Sant'Anna Rodrigues
Vera Lucia Sant'Anna Rodrigues
14/02/2023
Excelente médico. Muito atencioso, educado, esclarece todas as dúvidas do paciente, sem pressa. Dedicado, tem empatia e acolhe a dor do paciente com respeito. Acertou na medicação prescrita e tratamento orientado. Recomendo.
Mariana Musardo
Mariana Musardo
06/12/2022
A consulta com o dr Marcelo foi espetacular, ele ouve as queixas do paciente e é bem transparente com relação a possíveis diagnósticos e tratamentos. Muito ético e extremamente competente
Robson Galindo
Robson Galindo
16/11/2022
Dr. Marcelo um excelente profissional, muito atencioso explicando tudo em detalhes e uma equipe de suporte sensacional !
Claudinei Rubio
Claudinei Rubio
12/09/2022
Dr Marcelo é um profissional extremamente competente no que faz. Seu atendimento foi ímpar resolvendo o meu problema de dor na coluna. Atencioso, dedicado, e o melhor soube me ouvir durante ao meu relato de dor. Ele foi literalmente cirúrgico na solução do problema. Eu indico e recomendo. PREOCUPAÇÃO COM SEU PACIENTE EM PRIMEIRO LUGAR. Muito obrigado Dr. Marcelo....
Rachel Ergoni
Rachel Ergoni
10/05/2022
Fiz a cirurgia de 2 hérnias de disco e não sei mais o que é dor. Foi incrível! Dr. Marcelo é a simpatia em pessoa.... super recomendo